domingo, 30 de junho de 2013

30/06- Juíza autoriza continuidade do concurso da Polícia Civil do Pará



O pedido de liminar impetrado pela promotora de justiça, Elaine Castelo Branco, para a suspensão das próximas etapas do concurso da Polícia Civil do Estado do Pará foi indeferido neste sábado (29), pela juíza Odete da Silva Carvalho, da 2ª Vara da Infância e Juventude de Belém. Desta forma, o concurso, executado pela Universidade do Estado (Uepa), segue o cronograma normalmente, com aplicação de provas de capacitação física no período de 1 a 5 de julho.
A magistrada, de plantão nesse final de semana, tomou a decisão após ter recebido em audiência o procurador Geral do Estado, Caio Trindade; a secretária de Estado de Administração, Alice Viana; o delegado Geral, Rilmar Firmino; o diretor de Acesso e Avaliação da Uepa, Delmo Oliveira; além da representação jurídica dos concursados e integrantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Suspeita de fraude
A decisão da juíza indeferiu a suspensão solicitada após o Ministério Público do Pará instaurar um inquérito civil, no último dia 4, para investigar indícios de fraude no concurso para delegado e investigador da Polícia Civil realizado no dia 5 de maio. Segundo a promotora Elaine Castelo Branco, diversas pessoas inscritas no concurso relataram irregularidades antes da prova e durante o concurso.
A promotoria de direitos constitucionais apura a denúncia de um estudante do Mato Grosso, que alega ter testemunhado a realização de um cursinho preparatório no local da prova, na véspera do certame. Além desta denúncia, candidatos também criticaram ocorrências registradas no dia da prova.
Segundo o MP, a promotoria recebeu relatos de que não foi exigida a retirada de objetos pessoais como celulares e relógios que podem ser utilizados para cola eletrônica, antes da realização da prova. Além disso, o MP diz que recebeu denúncia de que houve negligência na identificação dos candidatos e que, com isso, qualquer pessoa poderia fazer a prova. Outros candidatos relataram ainda que os lacres da prova estavam violados, e que algumas pessoas levaram gabaritos para a sala de aula.
Nova etapa
Com a autorização para que o concurso fosse realizado, a Sead solicita aos candidatos que compareçam para realizar suas provas de aptidão física, conforme previsto no edital e no cronograma de realização, tendo em vista que o concurso continua normalmente. Os convocados para esta, que é a segunda subfase da seleção, deverão acessar a página do concurso e imprimir o cartão de comparecimento, onde consta local, dia e horário de realização do teste.
As provas acontecem apenas na capital, nos seguintes locais: a) Corrida, Flexão e Abdominal: Estádio Edgar Augusto Proença (Mangueirão), localizado na avenida Augusto Montenegro, km 3, com entrada pelo Portão A1; b) Natação: Campus III da Uepa/Educação Física, que fica na avenida João Paulo II, 817 – Marco. O candidato deverá comparecer aos locais de realização da prova com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para seu início, munido de seu cartão de confirmação e da via original de um dos documentos de identidade.
Além disso, o candidato convocado deverá apresentar Atestado Médico no dia e local da aplicação da Prova. Este atestado deve especificar que o candidato “está apto para realizar os esforços físicos”. O candidato que não apresentar o atestado estará automaticamente eliminado do concurso.
Das 670 vagas ofertadas nos concursos públicos, 150 são para o cargo de delegado; 250 para investigador; 250 para escrivão, e 20 para papiloscopista. O cargo de delegado prevê uma remuneração inicial, incluindo as gratificações, de R$ 7.695,02. Para os demais cargos, a remuneração inicial é de R$ 3.098,79, com as gratificações.
Ainda na primeira etapa do concurso, os candidatos passarão ainda por Exames Médicos; Exame psicológico; Provas Oral e de Investigação Criminal e Social. Todas de caráter eliminatório. A segunda etapa corresponde ao Curso Técnico Profissional, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Polícia Civil do Pará
 
 
G1 Pa

Nenhum comentário:

Postar um comentário