quarta-feira, 25 de abril de 2012

25/abr- Polícia encontra o carro e um corpo nas margens de rio



Atualizada às 22h49
Equipes de buscas da polícia militar de Teixeira de Freitas, encontraram na noite desta terça-feira (24) o carro que levava o grupo de universitários capixabas desaparecidos desde a semana passada. De acordo com informações do capitão Anilton Almeida do 13º Batalhão de Teixeira de Freitas, o carro de modelo Punto, placa  OBC - 9685 foi encontrado submerso no Rio Mucuri.

Os cinco jovens desaparecidos (Foto: G1)

O comandante do Batalhão de Teixeira de Freitas, Ozires Moreira Cardoso, informou ao G1 que um dos corpos foi localizado nas margens do Rio Mucuri. Segundo a polícia, a vítima encontrada seria um homem. De acordo com a polícia, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) do município de Texeira de Freitas para reconhecimento da família.

Pais são informados da localização de filhos desaparecidos (Foto: Leandro Nossa/ G1ES)

No Espírito Santo - A informação da localização do carro dos universitários desaparecidos no Sul da Bahia foi recebida com comoção por mais de 50 pessoas que se concentraram na porta da Delegacia de São Mateus, no Norte do Espírito Santo. Após passarem o dia de vigília na delegacia, os pais foram convocados pelo delegado Janderson Lube a comparecerem ao seu escritório, onde a notícia foi dada. De acordo com informações do capitão Anilton Almeida, do 13º Batalhão de Teixeira de Freitas, o Fiat Punto com as mesmas placas do veículo capixaba foi encontrado submerso no Rio Mucuri.

Familiares saíram da sala do delegado aos prantos e, abalados. Muitos moradores de São Mateus compareceram à delegacia para prestar solidariedade aos familiares. Segundo a polícia da Bahia, o corpo de um dos jovens foi resgatado do lado de fora do veículo.

Buscas - A polícia informa ainda que ao todo 60 homens trabalham no local. A polícia da Bahia e do Espírito Santo, assim como o corpo de Bombeiros e o Instituto Médico Legal estão na busca dos outros jovens desaparecidos. Também fazem parte da equipe de buscas, políciais da Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (Caema).

A equipe da Caema está no local auxilixando a retirada do veículo. O tenente-coronel Ivanildo Silva, que responsável pela operação disse ao G1 que a maior dificuldade é retirar o equipamento nesta noite. 'A maior dificuldade é retirar o carro agora à noite. Estamos verificando a possibilidade de retirada com a segurança da equipe, já que estamos em uma localidade próximo a uma ribanceira', afirmou. Ele disse ainda que não há informações sobre o que causou o acidente. 'Somente a perícia para informar o que de fato aconteceu com o carro. Estamos trabalhando com a hipótese de acidente automobilístico, mas isso só a perícia que irá confirmar após retirada do veículo'.

Boato - Na manhã desta terça-feira (24), a Secretaria de Estado de Segurança Pública chegou a informar que um carro com cinco corpos havia sido encontrado na localidade de Juerana, próximo a Posto da Mata, em Nova Viçosa. Mas, o superintendente de Polícia do Interior Danilo Bahiense sobrevoou o local e não confirmou o fato.  O coordenador regional da Polícia Civil no extremo Sul da Bahia Marcos Vinícius Almeida disse que as buscas continuam.

Esperança - 'Fé em Deus'! Esta é a frase que resume os dias da família de Rosaflor Oliveira Chacon Pinto, de 23 anos. A paraense desapareceu com mais outros quatro jovens quando viajava de São Mateus, norte do Espírito Santo até o município de Prado, no sul da Bahia.

Na casa dos avós, familiares fazem oração pela jovem (Foto: Paulo Akira/O Liberal)

Os familiares da jovem estão apreensivos por notícias que possam levar à localização e o que de fato ocorreu para que o grupo tenha desaparecido durante a viagem. 'Nós temos muita fé em Deus de que ela e os outros quatro estejam bem, e que nós vamos encontrá-la', conta Margarida Chacon, tia da menina.

Rosaflor Oliveira Chacon Pinto (Foto: Arquivo Pessoal)

Rosaflor é filha do integrante do grupo de teatro paraense 'Experiência', José Ribamar Chacon Pinto, e mora há mais de dez anos na cidade Serra, na grande Vitória (ES), com a mãe e a irmã. Pela manhã desta terça-feira (24), Chacon contou em primeira mão ao Portal ORM que ficou muito abalado com a notícia. 'Estou com a cabeça para explodir, nem sei o que pensar. Entregamos nas mãos de Deus porque não dá nem para ter ideia do que aconteceu', disse o pai da jovem.

De acordo com a polícia do Espírito Santo, o grupo foi visto pela última vez em um posto de gasolina no município de Mucuri, região sul da Bahia. A polícia acredita que eles tenham sofrido um acidente ou possam ter sido vítimas de assalto na estrada. Ainda segundo os policiais as buscas na área continuam com equipes em solo e no ar.



Fonte: Portal ORM  com informações do  G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário